VocĂȘ estĂĄ aqui: HomeBlogGERENCIAMENTO DE COR.

GERENCIAMENTO DE COR.

GERENCIAMENTO DE COR

 
O Gerenciamento de cor consiste em fazer com que as cores que você gostou cheguem ao destino final o mais parecido possível com o que você determinou. Seja em monitores, no laboratório fotográfico ou na gráfica.
Essa definição simples não significa que seja um processo simples. A cor exige um gerenciamento cuidadoso em um fluxo digital porque cada dispositivo – câmera, scanner, monitor, impressora – interpreta os dados da cor de forma diferente (RGB para monitores, CMYK para impressoras). Cada espaço de cor tem sua gama que consegue representar.

O gerenciamento de cores usa perfil de dispositivos compatíveis com ICC (International Color Consortium – organização que define os padrões do gerenciamento de cores). Esses perfis de dispositivos são pequenos arquivos de dados que descrevem matematicamente como um determinado dispositivo reproduz a cor. Um aplicativo habilitado para ICC (photoshop, lightroom) ou um sistema operacional usa perfis para mapear cores com precisão entre dispositivos que tenham gamas diferentes, como acontece com o monitor e a impressora.

Um sistema de gerenciamento de cores (CMS) pode curar problemas e pode prover a consistência de cor que se necessita. O CMS administra as diferenças nos espaços de cor dos dispositivos no workflow. Os softwares atuais estão baseados nos sistemas CIExyZ e CIELab. O CMS transforma os dados de RGB para Sistema independente CIE e os converte em separações CMYK, para que sejam mantidas as cores durante o processo.

Explicando melhor os Perfis ICC

O que é um perfil ICC?

ICC significa International Color Consortium, um grupo de fabricantes lideres de produtos para imagem digital (Agfa, Apple, Fuji, Microsoft, Adobe) que desenvolveram espeficicações para descrever como os dispositivos criam cor.
Ele é um arquivo que descreve as capacidades e limitações dos dispositivos que geram cor. Ele deve ser usado para que as cores do monitor se igualem o mais próximo possível da impressão.


Como usar os perfis?
Perfis são usados cada vez que uma imagem é transformada de um formato para outro. Perfis podem ser usados em diferentes maneiras, para igualar as cores de forma que a imagem produzida no scanner pareça correta no seu monitor e seja umpressa da mesma forma.

Porque perfis personalizados?
Dispositivos diferentes criam cores diferentes. Mesmo sendo duas impressoras do mesmo modelo e marca, elas irão produzir cores com ligeiras diferenças. Isso estamos falando de cameras, monitores e impressoras.


Por quanto tempo é válido meu perfil?
Para monitores novos, o indicado é que a cada 30 dias seja feita uma nova calibração. Para monitores mais usados, esse prazo se reduz para 15 dias.
Para impressão, a cada mudança de papel e suprimento, é necessaria uma nova calibração.

Que informações estão contidas no perfil da impressora?

Um perfil de impressora contém informações como por exemplo: registro, tinta, temperatura, umidade, reticulação, resolução, calibração etc.

Os perfis de dispositivos estão disponíveis em três modelos:

- Entradas (scanners, cameras)
- Exibição (monitor, projetor)
- Saída (impressoras inkjet, offset)
Para que o gerenciamento funcione corretamente, é necessário criar perfis para cada dispositivo.

Perfis de entrada

Perfis para câmeras digitais são feitos através do registro de um ColorChecker e um software de determinação de perfil que interpreta essas informações.

Perfis de exibição
Para definição de perfil para monitor é possível se fazer através dos olhos com aplicativos como Adobe Gamma ou até mesmo softwares dos próprios fabricantes. O sucesso dependerá de acertos e erros. O indicado é que a criação desses perfis sejam feitas através de colorímetros ou espectrofotômetros como o Eye-One ou Color Munki.

Perfis de saída
Os perfis de impressão podem ser o perfil ICC padrão criado pelo fabricante e que vem acompanhando o aparelho, ou pode ,e deve, ser feito através de um espectrofotômetro.

EQUIPAMENTOS
Color Checker:
Tabela de 24 ou 140 cores cientificamente preparadas para representar objetos naturais de interesse dos fotógrafos, como a pele humana, folhagens, azul do céu e outros. É o padrão necessário para comparação, medição e análise de diferenças na reprodução de cor em diversos processos.














 Colorimetro: capaz de calibrar e aferir paleta de cores na tela de monitores de tubo CRT , Notebooks, Laptops ou LCD. Com o auxílio de um software, o colorímetro mede a luz conforme vai sendo emitida e faz correções. Ao final ele gera um perfil ICC que será usado pelo monitor.
















Espectrofotômetro: são instrumentos capazes de registrar dados de absorvância ou transmitância em função do comprimento de onda.

Redes Sociais

Contato

Rua Estados Unidos, 59
Fazenda- Itajaí - SC

(47) 3349-0737

O endereço de e-mail address estĂĄ sendo protegido de spambots. VocĂȘ precisa ativar o JavaScript enabled para vĂȘ-lo.